Margot Robbie, Christina Hodson e Cathy Yan falaram sobre como filmaram as cenas com a hiena da Harley em Aves de Rapina e falaram de mais alguns momentos das filmagens como as cenas de patins e no carrossel. Confira:

Se você é a causadora de caos de Gotham, Harley Quinn, um cão não é seu melhor amigo.

Uma hiena, sim.

Em Aves de Rapina, a anti-heroína de Margot Robbie nos apresenta para sua hiena de estimação, Bruce (uma homenagem sutil para o residente de Gotham, Bruce Wayne), que age como um filhote com dentes como navalha e come Twizzlers a la A Dama e o Vagabundo. Após adicionar Bruce, a hiena, no roteiro, Robbie e a roteirista Christina Hodson perceberam que elas precisavam encontrar a tal hiena amigável.

E, vocês sabem, não existem muitas.

”Nós pensamos que seria hilário ter uma das hienas da Harley no filme,” Robbie diz, lembrando de seu pedido durante a pré-produção. ”De repente, todo mundo ficou ‘O que vamos fazer? Não podemos simplesmente ter uma hiena?!”

O grupo viajou para conhecer uma hiena amigável chamado Fonzi, mas não era pra ser. ”Nós fomos visita-lo, mas rapidamente percebemos que seria quase impossível filmar com ele o tanto que precisávamos,” Robbie diz. ”Ele era obviamente muito perigoso, e tudo o que você desse para ele seria ele.” (Em outras palavras, ficaria despedaçado).

A diretora Cathy Yan diz, ”Não fazia sentido ter uma hiena de verdade no set e dar Twizzlers para a Margot alimentá-lo.”

Mas elas não queriam contar com uma criatura totalmente gerada por computador. A solução? Bruce era na verdade ”dois pastores alemães muito adoráveis,” diz Hodson, e então os efeitos especiais tomaram conta.

Sua hiena pode ser um truque de Hollywood, mas realmente era Robbie fazendo várias cenas de ação de patins.

”Eu faço muitas das cenas de patins,” Robbie diz. ”Eu acho que todo mundo pensou que eu seria brilhante nos patins porque eu fiz Eu, Tonya, e ajudou muito, mas ainda é diferente. Fazer contato com outros corpos humanos sob rodinhas se provou ser mais difícil do que eu pensava.”

Lembra da cena de luta em Aves de Rapina que acontece em um carrossel (com Robbie nos patins?) Não foi para brincadeiras.

”Aquele foi um dia muito difícil,” diz Yan. ”Nós tínhamos que fazer essas tomadas longas, e se algum ator fizesse algo errado, tínhamos que começar novamente. As mulheres tinham que fazer a coreografia de novo e de novo para acertar. Eu provavelmente fui a pessoa mais odiada depois desses dois dias.”

Até cansou a eternamente jovem Robbie. ”Eu lembro de pedir para a Margot fazer mais uma tomada, e ela me olhou tipo, ‘Você tem certeza?’” Yan diz.

”Era uma plataforma minúscula com vários corpos se mexendo,” Robbie lembra, notando que a pequena cena no carrossel foi mais difícil do que a que ela persegue um carro de patins.

Hodson diz, ”Eu nunca vi a Margot tão cansada antes.”

Fonte | Tradução & Adaptação: Equipe Margot Robbie Brasil