siga o margot robbie brasil em suas redes sociais!

Arquivo de 'Entrevistas'



16.01.17
Margot fala sobre beleza para a Marie Claire UK

A atriz de Hollywood é a estrela de O Lobo de Wall Street, Margot Robbie, revela como ela mantém a pele perfeita com seus produtos de beleza, dicas e truques.

Nossa menina, Margot Robbie conversou conosco sobre seu amor por produtos de beleza orgânicos, sua obsessão de infância com sombras de olho e do fluoro envolvido nas folhas da banana,tudo no nome da beleza …
Leia mais para ver nossa entrevista completa sobre as dicas de beleza de Margot Robbie.

MC: Você pode nos falar através de seu regime de pele?

MR: Uma das grandes coisas sobre o meu trabalho é que tenho a sorte de trabalhar com tantos maquiadores incríveis que me apresentam novos produtos, o que significa que troco a minha rotina de pele e produtos de maquiagem. Eu sempre vou começar limpando meu rosto. No momento eu estou usando um limpador Dr Lancer para hidratar, eu amo La Prairie hidratante e seus cremes para olhos são ótimos também. Eu não sou grande fã de soros, como minha pele pode ser bastante sensível e, por vezes, reage a eles, mas eu amo a névoa facial. A névoa de Aesop tem um cheiro delicioso e a névoa facial de Caudalie é tão refrescante.

MC: Quais são suas dicas de pele para viajar?

MR: Eu nunca usaria maquiagem no avião. Eu uso maquiagem para o aeroporto, porém, mas só por causa dos paparazzi e agora todo mundo tem telefones com câmera! Assim que eu estou no meu assento eu pego minha maquiagem. As almofadas por Peter Thomas Roth são ótimas para viajar. Você acabou de limpar todas elas, ela faz sua pele parecer limpa (em uma boa maneira). Eu sempre tenho um pouco de Burt’s Bees e um lip balm rosa. Se a minha pele precisar de um pouco de TLC extra, vou usar uma Máscara Skin 111, estou obcecada por elas, elas têm uma textura gelatinosa e elas são tão fáceis de usar, só pega por 10 minutos e Sua pele se sente tão agradável depois.

MC: Qual é a sua fragrância favorita?

MR: Quando eu era mais jovem eu nunca costumava usar perfumes eu apenas usaria um óleo essencial ou eu trançaria um pouco de lavanda em meu cabelo, mas cerca de um ano atrás eu tentei Deep Euphoria da Calvin Klein e eu ainda amo! É um perfume floral, uma rosa almiscarada muito doce, mas é feminina e não é muito forte para que eu possa usá-la todos os dias.

MC: O que há em sua bolsa de maquiagem?

MR: Para o meu dia-a-dia, eu vou usar Ellis Faas, é realmente leve e tem um acabamento dewy. Se eu estou saindo à noite eu uso Suqqu. Me da um final realmente impecável e permanece no lugar durante toda a noite. Se eu tiver alguma mancha eu sou toda Laura Mercier Secret Camouflage, o creme de Laura Mericer blush stick é tão fácil de aplicar você pode apenas usar seus dedos para misturá-lo. Eu sempre vou fazer uma mancha de rímel também e, em seguida, apenas escova as minhas sobrancelhas.

MC: Qual foi o primeiro produto de maquiagem que você usou e qual a sua idade?

MR: Eu posso realmente lembro exatamente o que era! Deve ter sido em torno de 10 anos e eu estava obsecada com o filme das gêmeas Olsen onde viajaram a Paris! No filme, uma das gêmeas estava com uma sombra de olho laranja, como uma menina eu pensei que era apenas a coisa mais legal que eu já vi, e então guardei um pouco de dinheiro e comprei uma sombra de olho de laranja brilhante. Eu guardei essa lembrança por um bom tempo. Provavelmente parecia terrível!

MC: Você já teve algum tratamento de beleza incomum?

MR: Quando eu visitei as Filipinas ano passado eu tive realmente um. Primeiro eu estava sufocada por toda parte em barro, então eu estava embrulhado em folhas de bananeira e todo o meu rosto estava coberto de pepinos também! No momento em que fiz isso eu estava totalmente mumificado e não podia me mover e eu fiquei assim por uma hora. Deve ter olhado como uma tigela de frutas, mas na verdade me senti muito bem depois.

MC: Como você mantém seu cabelo tão grande?

MR: Me sinto com se meu cabelo parecesse lixo, na maioria das vezes, mas felizmente, tenho um evento para ir e sempre tenho um cabeleireiro para classificá-lo! Um truque que eu uso se minha cor está crescendo é spritz em Klorane Dry Shampoo, é realmente bom para adicionar textura e também ajuda a disfarçar raízes escuras.

MC: Como você acha que a abordagem australiana à beleza difere da beleza britânica?

MR: A beleza australiana sempre foi muito natural. Lembro-me muito antes de se tornar uma grande tendência, as pessoas preferiam marcas orgânicas e naturais na Austrália. Eu acho que na Europa produtos orgânicos são vistos como mais de um luxo, mas voltar para casa com esses produtos são coisa completamente normal! Também as pessoas estão muito conscientes do sol, tudo que você compra lá é focado em proteger a sua pele de danos solares.

postado por Solania Ferreira na categoria Entrevistas
15.12.16
Margot Robbie fala sobre beleza e saúde para a Harper’s Bazaar

Confiram abaixo a entrevista que Margot concedeu para Harper’s Bazaar horas antes do Gotham Film Awards no final de novembro.

HB: Qual tem sido o seu look favorito do tapete vermelho até agora?

MR: A estréia do Suicide Squad em Nova York. Eu usei um vestido de unicórnio do McQueen com um batom escuro. Esse é de longe o meu favorito.

HB: Foi uma partida para você.

MR: Sim, sim, sim. Eu sempre me visto com um estilo monocromática e muito simples e todo esse tipo de coisa. Eu vi aquele vestido e eu estava tipo, ele tem um maldito unicórnio nele. Eu tenho que usá-lo. É a coisa mais legal que eu já vi.

HB: Quando você não está com sua equipe de beleza, há algo que você é boa em fazer sozinha?

MR: Eu sinto que sou muito boa em fazer minha própria maquiagem. Eu assisti um monte de gente fazendo a minha maquiagem, então eu tenho sido capaz de avaliar o que parece bom e o que não parece. Eu posso fazer minha maquiagem com três produtos e pronto.

HB: E quanto ao seu cabelo?

MR: Eu tenho realmente cabelos de merda por isso é meio difícil de fazer bem o meu cabelo. Eu realmente preciso de um cabeleireiro para fazer o meu cabelo, se for pra parecer bom. Eu tenho uns três fios de cabelo na minha cabeça. Um hairstylist virá e irá colocar todo este cabelo falso dentro e parecerá voluptuoso e surpreendente. E eu fico tipo, ‘Deus, eu me sinto mil vezes melhor’. As pessoas estão sempre: ‘Como você tem esse cabelo saudável?’ E eu fico: ‘eu não tenho’. Meu cabelo está quebrado, é uma merda, ele se foi, mas os cabeleireiros têm malas cheias de cabelos falsos e fazem parecer incríveis.

HB: O dano é causado pelo tingimento do cabelo?

MR: É de tingimento, e também de conjuntos de rolos quentes. E se você estiver fazendo um photoshoot, há uma quantidade muito finita para fazer o seu cabelo, eles são rápidos e áspero. Está meio estragado agora. Viver em Londres, a água é realmente dura, e meu cabelo ficou ruim assim que eu me mudei pra lá. Mas você não pode realmente evitar isso.

HB: Você ainda tem que tomar banho, infelizmente.

MR: Você precisa tomar banho no final do dia.

HB: Então, falando de cabelo, com toda a seriedade, você acha que conseguiria usar ‘maria-chiquinha’ em sua vida real depois de Suicide Squad?

MR: Eu não sei. [Risos] Isso é muito engraçado, ninguém nunca me perguntou isso. Eu meio que adorei usá-los quando eu era Harley, porque você automaticamente se sente insolente e brincalhona. Eu não sei se eu conseguiria usar.

HB: Desde que você esteve em Hollywood, como sua abordagem à beleza mudou? Eu notei que você está um pouco menos bronzeada.

MR: Definitivamente menos bronzeada. Esta é a minha cor agora. Quando eu cheguei aqui, meu pigmento mudou quando eu me mudei da Austrália. Obviamente, o sol é muito quente. Eu não estou realmente em Hollywood, eu só me mudei para LA duas semanas atrás. Estou morando em Londres há três anos. Sim, estou super pálida agora. É bom porque minha pele teve uma ruptura com o sol por três anos, então provavelmente vai ajudar no envelhecimento.

HB: E crescendo na Austrália, você provavelmente estava super consciente de câncer de pele.

MR: Você é ensinado na escola. Você aprende como reconhecer um melanoma e todo esse tipo de coisa. Meus amigos aqui, eles nunca tiveram sua pele marcada e eu fiquei: ‘o quê?’ Isso é tão perigoso! Eu estava tentando me bronzear outro dia em LA e o sol não fez nada com a minha pele. Eu tinha óleo e eu mal consegui um tom de cor. Na Austrália, você fica por cinco minutos e você sai frito.

HB: Qual é a sua abordagem para a beleza e viagem? Você faz esses longos vôos para a Austrália…

MR: Eu tenho minha rotina. Isto é: assim que eu entro no avião, a eu tiro a maquiagem, toalhetes de maquiagem para tirá-la, então eu tenho essa coisa chamada Peter Thomas Roth Complexion Correction Pads. Eles são uma bomba; Eles são tão bons. Assim que eu tirei a minha maquiagem, eu limpo meu rosto com isso porque é realmente difícil de se levantar e ir ao banheiro e lavar o rosto na bacia que é do tamanho de uma xícara de chá. Uso a correção para isso. Deixo isso ficar por um segundo. Então eu passo um hidratante muito espesso e creme para os olhos. Então eu tenho um spritzer facial que eu uso durante todo o vôo para manter minha pele hidratada. Bebo litros de água. E então quando estamos prestes a pousar, eu pego minha bolsa de maquiagem e faço minha maquiagem novamente.

HB: Vamos falar sobre perfume. Você usa perfume todos os dias?

MR: Eu uso. Eu sinto que é um luxo. Eu nunca tive um perfume na minha infância e adolescência. Eu ficava tipo ‘oh, um dia quando eu for adulta e tiver dinheiro, eu vou usar perfume’. Eu tinha um perfume e eu guardava para ocasiões muito especiais. O que significava que eu nunca realmente usava. Então agora é diferente, eu posso usar perfume todos os dias. Eu posso dar ao luxo de comprar outro, tenho muita sorte de poder. Agora, quando eu tenho coisas legais, eu não guardo mais, eu tento usá-lo.

HB: Você leva com você quando você viaja?

MR: Sim, eu coloco ele dentro da bagagem. E então quando ele derrama em toda sua bagagem tudo fica com um cheiro muito bom.

HB: Todos esperam que você os dê perfume de presente agora que você é o rosto da Deep Euphoria?

MR: Eu estava pensando nisso antes. Eu estava dizendo como as mulheres em minha família usam perfumes da Calvin Klein como Obsession ou CK One. Eu estava pensando, ‘oh meu Deus, eu deveria pegar um par de garrafas extras e dar a todos no Natal.’

HB: Se eu fosse amigo do rosto de um perfume, eu ficaria como…hey.

MR: Você diria: ‘Onde está meu perfume?’ Eu tinha seis caixas, seis perfumes, quando eu voltei pra Londres porque eles deixaram depois de um dia de imprensa. Todas as minhas amigas que vieram eu perguntava: ‘Você quer um perfume?’ E elas respondiam: ‘Ok, claro’. ‘Pegue, pegue’. Eu não enviei nenhum de volta à Austrália. Vou pegar alguns para o Natal. E então vamos todos cheirar o mesmo.

HB: Eu ia perguntar – você já encontrou alguém que cheira como você?

MR: Não que cheira como eu, acho que eu nunca realmente notei isso. Há um perfume masculino que eu não sei qual é, mas eu posso senti-lo – eu sou como cão de caça – eu posso senti-lo há uma milha de distância. Eu amo tanto ele. Quando eu conheci Tom, meu namorado, ele estava usando esse perfume. Dentro de um segundo eu estava tipo, ‘Oh, você está usando esse perfume.’ E ele ‘Como você sabe disso?’ Eu fiquei tipo, ‘É o meu cheiro favorito no mundo inteiro.’ Claro que o cara dos meus sonhos estaria usando isso. Eu passei por pessoas na rua e foi assim, ele está usando.

HB: O que tem pela frente para você? Claro que você está trabalhando em I, Tonya.

MR: Nós vamos começamos a filmar em janeiro.

HB: Você começou a ter aulas de patinação artística?

MR: Eu comecei em novembro porque eu terminei o último trabalho que eu estava fazendo no Halloween. E você não pode patinar quando você está contratado para outra coisa. Eu comecei a treinar e é realmente muito difícil. É excepcionalmente difícil. Mas vamos chegar lá. Vamos ter um bom duplo, obviamente eu não posso fazer um triplo axel, não importa o quanto eu treino. Eu nunca vou ser capaz de fazer mesmo um duplo axel. Então, para os grandes saltos e truques temos um dublê de dublê. Para todo o resto será eu. Mas estou tentando aprender a dançar no gelo. Eu tentei fazer um chute no outro dia. Eu fiquei ‘ok, eu vou ter que trabalhar isso também’.

HB: Quantas horas você tem treinado?

MR: Eu treino duas horas por dia, quatro vezes por semana no momento. Nos dias em que não faço gelo, faço treinamento pessoal para tentar construir os músculos nas minhas pernas e nas costas. Porque eu estou tão fraca. Quanto mais forte, mais treino serei capaz de fazer.

HB: Você gosta de assumir papéis que são físicos?

MR: Eu gosto. Eu continuo gravitando para isso. Uma das melhores coisas sobre este trabalho é que você começa a pegar todas essas habilidades aleatórias que você nunca faria caso contrário. Eu fiz em um filme em que jogo tênis por cinco minutos e me deram cinco aulas de tênis de graça. Eu nunca tive uma aula de tênis. Eu estava tipo, isso é incrível! Quando eu teria jogado tênis? E roubando. Tenho carteirinhas reais na vida real me ensinando a tirar o relógio de alguém. Isso é muito legal – quando você faria isso? É a minha coisa favorita. Para Suicide Squad, fizemos uma cena subaquática. Eu tinha um especialista em mergulho livre para me ensinar como segurar a minha respiração por cinco minutos. Quando eu poderia dizer que posso segurar minha respiração por cinco minutos?

HB: A sua rotina de saúde e fitness está diferente agora que você está fazendo patinação artística?

MR: É praticamente o meu exercício. Quando eu não estou treinando para um papel, então eu realmente não me exercito. Eu estou tão aliviada por não ter que treinar ou ir para academia. Desde Suicide Squad e [I, Tonya] eu fiz literalmente nenhum exercício. Sempre que há um evento de tapete vermelho chegando, eu vou ver a minha treinadora em LA, eu sempre a vejo três dias antes, ‘Você pode me fazer emagrecer em três dias?’ Ela é sempre como, ‘Se você vir a mim consistentemente durante todo o ano, então sim, eu posso. Quando você vem a mim com três dias e pede para perder 10 quilos isso não vai acontecer’. Eu fico, ‘Faça o seu melhor. Por favor. Me faça emagrecer’.

Fonte | Tradução & Adaptação: Equipe Margot Robbie Brasil

postado por Bruna Barzon na categoria Entrevistas
04.12.16
Margot conversa sobre beleza e muito mais com a W Magazine

Margot continua com a divulgação do perfume Deep Euphoria da Calvin Klein e dessa vez a entrevista foi para a W Magazine! A atriz além de falar sobre sua beleza, também nos dá as primeiras informações sobre seu próximo projeto, I, Tonya. Confira:

Eu te vi no telão do Madison Square Garden ontem à noite.
Você estava no jogo do Rangers?

Não, meu marido estava assistindo. Ele disse, “Querida, ali está Margot Robbie.” E eu pensei, boa abertura…
Sempre que vamos em um jogo, no começo, meu agente sempre me lembra, “Você sabe que eles te fotografam durante o jogo, então lembre disso.” Então, eu fico tipo, “Fica calma, está tudo bem.” Isso dura nos primeiros dois períodos, mas no terceiro, eu fico tipo “ARGH!” Eu fico muito envolvida. Então eu vi as fotos hoje, e pensei, “Estou parecendo uma psicopata. Ótimo.”

Mas você é uma grande fã de hockey e joga na direita?

Sim. Eu não quero te enganar fazendo você pensar que sou boa no hockey no gelo. Eu sou terrível, mas eu realmente gosto.

Como você passou a gostar?
Eu sempre quis jogar quando eu era criança, mas eu cresci em Gold Coast, que é um lugar super tropical na Austrália, e não havia hockey no gelo então eu jogava hockey de campo. Então eu me mudei para a América, eu me juntei a uma liga mas eu não sabia patinar no gelo. Eu basicamente corria no gelo, mas eu tinha tanto estofamento que não importava. Você não conseguia se machucar se tentasse, pelo menos não em uma liga amadora. Mas eu amo; é super divertido. Mas assim que sou contratada para um emprego, eu não posso mais jogar porque por segurança, você não pode patinar. Quando eu fui contratada para ‘Pan Am’, eu não podia jogar, mas quando terminei eu podia. Então eu consegui ‘Wolf of Wall Street’, então eu estava sob contrato novamente. Se você tem sorte o bastante de estar trabalhando, você realmente só tem pequenos espaços quando você não está sendo requerido para nada. Então você não pode saltar de pára-quedas ou qualquer coisa que possa te machucar.

Então você está jogando agora, ou está sob contrato?

Bom, é engraçado, estou treinando no momento para ser Tonya Harding, então estou aprendendo a patinar. E eles ficaram tipo, “Então, você vai ser boa, certo? Porque você joga hockey no gelo.” E eu tive que contar a eles que eu não era muito boa, e que os patins são totalmente diferentes. E agora eu percebo enquanto estou tentando aprender que, uau, eu nunca patinei. Eu só corria no gelo e batia nas barreiras. Eu realmente não sabia como parar; eu só sabia arrancar. E agora eu não tenho mais todo o enchimento, é mais assustador então eu tenho que ser mais cuidadosa ao aprender. Você tenta ser mais técnico. Eu também estou produzindo, então nós temos sido uma maior parte do filme do que se eu estivesse somente atuando. Começamos a filmar em janeiro.

Você era obcecada com a história dos Harding-Kerrigan como a maioria dos americanos?
Eu realmente não sabia da história. Eu tinha apenas quatro anos em 1994, quando o incidente aconteceu, e nós não assistíamos TV, então eu fiquei por fora. Mas todo mundo me diz que eram obcecados pela história. Quando eu li o roteiro, eu nem sabia que era verdade. Então eu comecei a pesquisar.

Você a conheceu?
Ainda não, mas eu irei. Ela deu seus direitos de vida, então ela sabe sobre o projeto. Eu não sei se ela leu essa versão do roteiro, mas é baseado em uma entrevista que ela deu, então ela basicamente sabe de tudo o que disse e como a história vai ser. Então ao terminar meu último trabalho, que foi o projeto de A. A. Milne em Londres, que eu finalizei no Halloween, tudo o que eu tenho é novembro e dezembro para treinar e eu acabei de começar e é muito difícil. Muito, muito, muito, muito difícil. Espero que eu esteja boa o bastante a tempo.

Quem está te treinando?
Uma mulher chamada Sarah Kawahara. Ela fez a coreografia de outros filmes, como “Escorregando para a Glória”, e coreografou Nancy Kerrigan antigamente.

Que ironia.
Ela estava nesse mundo quando tudo aconteceu. Ela se fixou na indústria da patinação. Ela é muito, muito boa, mas eu claramente sou um projeto desafiante para ela. Ela costumava trabalhar com patinadores brilhantes, e eu sou tipo, “Como eu vou pra trás mesmo?” Mas eu consegui ir para trás trocando de lado, então estou animada com isso. Eu queria ter aprendido quando criança. Aprender aos 26 é completamente diferente.

Eu acho que essa é a verdade de todo esporte, porque você tem medo, seu centro de gravidade é menor.
Nada machuca mais. Você se recupera rapidamente. Mas é o medo. É a coisa mais difícil. Eu estou tentando ser mais aberta, mas eu fico, “Eu entendo tudo o que você me dizendo para fazer, mas meu corpo está me dizendo para NÃO me inclinar para o gelo porque eu vou me machucar.”

Mas você tem uma afinidade por velocidade?
Eu tenho, como quando eu jogava hockey, eu ia o mais rápido possível. Mas isso quando eu tinha todo o enchimento. Agora que eu não tenho, meus joelhos começam a tremer e eu fico muito nervosa. É o choque do impacto que é mais confrontante do que o impacto real.

Talvez sua treinadora só precisa dizer que você está bem! Então, me diga sobre a filmagem do anúncio de Deep Euphoria com Francis Lawrence.

Foi ótimo trabalhar com ele porque ele é um diretor de filme que trabalha com atores o tempo todo. Foi melhor do que se eu fizesse uma filmagem para a moda, o que é raro, eu me sentiria estranha e fora do meu elemento porque eu nunca fui modelo. É um talento. Quando estávamos fazendo uma sessão de foto para promover Esquadrão Suicida, eu assistia como Cara [Delevingne] trabalha. Ela consegue fazer imediatamente, ela sabe seus ângulos, ela consegue fazer todos os looks sem muito esforço. E quando você assiste um ator fazer isso, você fica tipo… Não é a mesma coisa. É estar fora do seu ambiente. Quando eu entro em um set de filmagem, me sinto em casa, me sinto confiante fazendo o que estou fazendo. Eu sei o trabalho de cada um e onde todos os equipamentos estão e tudo o que está acontecendo. Eu sinto que eu pertenço a este lugar.

Vamos falar sobre a fragrância. O que você mais ama sobre ela?
Eu amo que eu realmente gosto de usar, então eu não preciso mentir quando eu dou entrevistas sobre ela! Essa é sempre minha maior preocupação sempre que alguma oportunidade de apoio aparece. Eu não iria querer me sentir como uma fraude, sentada aqui, contando para as pessoas que isso é o que eu uso quando eu não uso. E então isso apareceu. Eu amo a Calvin Klein, sempre amei. As mulheres em minha família usam os perfumes da Calvin Klein. É algo que eu verdadeiramente posso falar sobre. Então é perfeito. É a oportunidade que estive esperando. E então eu senti o perfume!

E…?
Eles nunca disseram, “Você precisa usar” ou qualquer coisa do tipo, mas eles me deram um frasco para levar para casa, e eu continuei usando e se tornou meu perfume. E então eu usei para uma das minhas personagens que interpretei esse ano. Eu escolho um perfume para todas minhas personagens.

Sério?
Sim, eu acho que ajuda muito. Eu comecei a perguntar para outros atores se ele também isso e alguns fazem.

O que você usou para Esquadrão Suicida?
Eu comprei um dos mais bregas que consegui achar em uma farmácia. Era completamente doce, realmente muito dominante e vinha em um frasco de caveira. Eu disse, “É isso, é perfeito.”

O que você usou para Wolf of Wall Street?
Para Wolf eu usei esse perfume que eu tinha. Os homens sempre comentavam sobre ele, mulheres não. Homens. Por alguma razão, isso fazia sentido para eles, então foi o que usei.

Big Short?
Eu estava na banheira, então eu não usei perfume.

Você também estava sendo você mesma.
Sim, então eu realmente não tinha um personagem para perfumar.

Quais perfumes da Calvin Klein sua família usa?
Quatro mulheres da minha família usavam Calvin. Minha mãe usava CK1. Algumas gostavam de Obsession. Mes usava Obsession.

Quem é Mes?
Minha tia Mary Ann. É engraçado, todas as mulheres da minha família tem um perfume Calvin.

E agora você tem um, também! Você se lembra da primeira fragrância que você usou e como você conseguiu ela?
Meu primeiro namorado comprou meu primeiro perfume e eu nunca tinha tido um perfume próprio antes.

E quantos anos você tinha?
Eu tinha 17, então eu me senti muito adulta ao ter meu próprio perfume. Eu economizada e só usava em ocasiões super, super, super especiais. Então três anos depois, eu comecei a ganhar algum dinheiro então eu podia comprar meus próprios perfumes e eu fiquei tipo, “Eu nunca usei esse perfume. Está completamente cheio e agora provavelmente desperdiçado.”

Como era o cheiro?
Eu nem me lembro! Eu quase não usei!

Quem colore o seu cabelo?
Alguém diferente toda vez, e geralmente é no set de filmagens, então acaba sendo qualquer pessoa que esteja trabalhando no departamento de cabelos.

Cor e corte?
Sim. Eu costumava cortar meu próprio cabelo. Na verdade, eu passei por uma fase gótica onde eu só cortava meu cabelo com lâmina de barbear. Eu era muito idiota. E agora eu quase não consigo manter meu cabelo na cabeça porque alguém está colorindo o tempo todo, sobrecarregando de produtos. E, ao pensar, eu usava lâmina no meu cabelo! Que idiota! Eu faria qualquer coisa para ter cabelo saudável novamente.

Seu cabelo parece ótimo.
Tem cabelo falso aqui. Eles colocam extensões. Eu morreria sem extensões.

Por favor, me diga que isso não está fora do registro…
Oh, você pode incluir. Eu não ligo.

Que produtos de beleza estão sempre na sua bolsa?
Lip Balm da Burt’s Bees. Sou obcecada. Eu uso para dar um pouco de cor aos meus lábios.

Qual cor?
Rosa. E então eu uso, isso vai soar estranho, mas o que eu sempre usei em toda minha vida como lip balm foi Bepanthol. É um creme para mamilos. É um antisséptico. Eu sempre usei como lip balm e meus amigos sempre sabem que eu tenho. Eles ficam tipo, “Creme para mamilos?” “Sim, creme para mamilos.” Obviamente é confuso para outras pessoas, elas ficam tipo, “Você está colocando creme para mamilos nos seus lábios?” Longa história…

Com o que você está obcecada atualmente?
“Fleabag!” Você já ouviu falar? Oh meu Deus, você tem que assistir. É da BBC1, mas eu acho que a Amazon comprou. É essa atriz de comédia que criou o show e ela é engraçada pra caralho. Ela respira a quarta parede o tempo todo. É uma versão não muito doce de como as mulheres falam. É hilário. É muito obscuro, mas muito engraçado.

postado por Mari na categoria Calvin Klein
23.10.16
Margot Robbie fala sobre seu cabelo, suas habilidades como housemate e sua amizade com Cara Delevingne

Para divulgar a nova fragrâncida da Calvin Klein, Deep Euphoria, Margot concedeu várias entrevistas e dentre elas para a Glamour UK. Confiram:

Nós temos uma confissão: entrevistar celebridades pelo telefone algumas vezes pode ser realmente tedioso. Você não consegue ter a atenção da celebridade, não consegue fazer brincadeiras, é totalmente fora do seu controle. Então é justo dizer que não tivemos muitas expectativas quando recentemente contatamos Margot Robbie para um chat numa tarde de sábado. Se a estrela de Esquadrão Suicida foi um desapontamento? De jeito nenhum! Ela conversou bastante, foi incrível e muito legal? TOTALMENTE.

Oi, Margot. Primeiramente, eu estou com muito ciúmes de você porque você saiu com vários modelos masculinos nas filmagens da campanha para o perfume Deep Euphoria de Calvin Klein. Você ficou nervosa no pré-shoot?

Um pouco, sabendo que photoshoots não são realmente meu forte, eu nunca modelei. Eu me sinto em casa num set de filmagens, me sinto tão familiarizada e como eles funcionam que, quando nós fizemos o vídeo para a campanha eu me senti bem mais em casa se comparado com as sessões de foto. Photoshoots meio que me deixam nervosa, mas não tive problemas com o vídeo. Nós tínhamos Francis Lawrence como diretor, então eu sabia que iríamos falar a mesma língua.

Eu amei que a propaganda da campanha do Deep Euphoria é baseada na manhã seguinte de uma noite de festa. Qual foi a noite mais selvagem que você já teve na vida real?

Boa pergunta. Eu tive algumas noites selvagens. Nós conversamos muito sobre isso, as noites que continuam mesmo com o sol nascendo e mesmo assim ainda tem um grupo de pessoas em um quarto de hotel ou num apartamento e você ainda está bebendo e conversando. Eu amo tanto isso, eu amo essas noites que se emendam na manhã seguinte.

Nós tivemos uma noite maravilhosa depois da coletiva de imprensa de Esquadrão Suicida. Era aniversário da Cara e ela fez uma grande festa na casa da Suki (Waterhouse) e foi ultrajante. Mas também foi muito doce. Sim, a festa foi muito divertida, mas a parte favorita de todo mundo é quando o sol está nascendo e você tem seus amigos mais próximos, o squad está conversando e o sol aparecendo e todos sabem que devem ir para casa, tomar banho e outras coisas, mas ninguém quer ir embora, porque é tudo muito bom, o tempo todo. Sentados no telhado até o meio-dia.

A fragrância Deep Euphoria é tudo sobre euforia. O que te dar euforia na vida real?

Pára-quedismo é tão divertido. Isso é saltar fora da sua zona de conforto, mas mergulhar também é assim. Eu não sei se você já mergulhou, mas, para mim isso é o sentimento mais eufórico do mundo, basta estar debaixo d’água e mergulhando com tubarões e coisas assim e perceber que você é uma pequena especificação neste mundo e que o oceano não é seu território. É uma loucura lá embaixo, mas esses são os momentos de euforia na vida.

As pessoas estão fascinadas por sua vida normal em Clapham. Nós amamos o fato de você ter roommates. O que te faz ser uma boa housemate e o que te faz ser não tão boa assim?

Bem, eu amo ter housemates. Todo mundo fica tipo “isso é tão estranho”, mas eu estou tipo “eu tenho 26 anos, é tão estranho assim?”. Nessa idade, as pessoas estão se mudando para morar com seus companheiros e coisas assim, mas eu estou nessa fase da minha vida, tipo “oh, sim, nós devemos nos mudar por nossa própria conta.”, isso é o que todos os meus amigos estão fazendo, então seria estranho viver numa grande mansão sozinha. Quer dizer, eu não tenho vontade de viver assim, então, ter roommates é muito bom…

O que me faz ser uma boa housemate? Eu sou bastante organizada. Eu gosto de manter as coisas limpas. O que me faz ser uma housemate não tão boa? Eu deveria perguntar aos meus amigos o que eles odeiam em mim. Você sabe o que me faz uma péssima housemate? Eu sempre tenho várias malas a serem desempacotadas, eles ficam tipo “você não pode simplesmente desempacotar?”, mas eu não posso, eu tenho que viajar novamente. E eu sempre compro coisas inúteis. Eu amo quando vejo algo como um kit cada vez maior de cristal, eu fico pensando “eu tenho que ter aquilo”, ou um kit de martelo ou minha pistola de tatuagem, e isso ocupa muito espaço. Eles ficam querendo se livrar dessas coisas inúteis e eu não deixo de jeito nenhum.

Você e Cara estão muito próximas desde Esquadrão Suicida. Você acha que fez uma amiga para vida toda?

Totalmente. Ela é uma jóia rara nesse mundo e eu nunca conheci ninguém como ela. Ela é a pessoa mais genuína que você pode conhecer. Ela é como um pequeno cometa prestes a explodir no seu caminho através do mundo.

Nós pensamos em você como uma Brit residente esses dias, mas tem alguma coisa que você nunca vai conseguir?

Morcela. Eu fico tentando, mas não consigo. Na minha primeira mordida eu estava tipo “é bom”, e em seguida alguém disse que era sangue seco e eu fiquei tipo “eu não posso fazer isso”. Depois que eu soube do que era feito eu não consegui mais comer.

Nós achamos que Harley Quinn será a grande aposta para o Halloween esse ano. Você já decidiu o que vai usar?

Eu estava falando sobre isso esses dias, eu não escolhi porque acho que não vou poder comemorar esse ano. Eu não sei onde eu vou estar, se estarei em um avião ou trabalhando ou algo do tipo. Eu não vou nem deixar que minhas esperanças para o Halloween se elevem porque eu levo isso muito a sério. Não quero escolher o que vestir porque se eu fizer e não puder participar ficarei realmente decepcionada.

2017 vai ser emocionante para você, você já começou a treinar?

Eu não posso, porque eu estou filmando outro filme agora, então por segurança, você não pode fazer qualquer atividade onde poderia potencialmente se machucar. Então eu não posso começar o treinamento de patinação no gelo até que eu termine. No fim de Outubro eu termino as gravações e vou ter que ir direto para o treinamento.

Eu estou muito animada porque eu estou produzindo o filme. Pela primeira vez eu vou ter essas preocupações que geralmente não tenho quando estou só atuando. Então, eu estou realmente animada porque eu amo adquirir uma nova habilidade para um papel, é um dos maiores deleites de atuar. Estou com medo que eu possa estragar tudo por isso estou nervosa.

Recentemente você chamou os paparazzi de assustadores em seu Instagram. A invasão de privacidade é a coisa mais difícil sobre a fama?

Com certeza. Há um par de coisas que eu, obviamente, não previa, mas sim, é definitivamente a coisa mais difícil.

Os leitores da Glamour amam seu cabelo, eles estão obcecados. Quais os produtos que você gosta de usar nele, e tem alguma coisa que você nunca faria no seu cabelo para um papel?

Eu o rasparia sem pensar duas vezes. Spray Oribe, se você tem cabelos finos como eu, você não pode viver sem essa coisa. Shampoo seco Klorane, mais uma vez, com o cabelo loiro, quando você usa shamppo seco, não só meio que cobre o novo crescimento um pouco, mas também é muito bom. E eu tenho esse produto, um amigo da minha mãe conseguiu este na Tailândia, chama-se Goa Hair e eu acho que é como extrato de algas, mas é tão bom. Toda vez que eu lavo meu cabelo eu uso como um condicionador leave-in e é literalmente a única coisa mantendo o meu cabelo na minha cabeça. Mas os leitores estão se enganando, eu tenho um cabelo chato e fino, meu cabelo é realmente uma merda. Toda vez que vou a um evento tenho que colocar extensões, não necessariamente para o comprimento e sim para deixá-lo mais cheio. Então não sou eu, é o hair stylist fazendo-o parecer bonito.

Fonte | Tradução & Adaptação: Equipe Margot Robbie Brasil

postado por Bruna Barzon na categoria Entrevistas
01.10.16
Margot Robbie nunca deixará de comer queijo (e outros fatos interessantes)

Margot concedeu mais uma entrevista na divulgação do perfume Deep Euphoria da Calvin Klein, dessa vez para a ELLE UK. A australiana revelou várias dicas de beleza e outros fatos sobre seu dia-a-dia, confira:

O ano de 2016 está se tornando o melhor de todos para Margot Robbie – e isso é muito, considerando que a atriz de 26 anos já possui filmes como ‘O Lobo da Wall Street‘ e ‘A Grande Aposta‘ no seu currículo. Além de estrelas os filmes do verão, ‘Esquadrão Suicida‘ e ‘A Lenda de Tarzan‘, ela também é o rosto da nova fragrância da Calvin Klein, Deep Euphoria. “É realmente o perfume que eu uso,” ela disse sobre a fragrância moderna. O Q.I. de Robbie sobre perfume elevou muito desde que ela ganhou sua primeira fragrância quando criança. “Eu lembro que dizia ‘Eau de Toilette’ e eu pensei que minha mãe tinha me dado um spray de banheiro e fiquei tipo, por que ela fez isso?'” ela recorda. Aqui, a loira conta seus segredos de beleza, dieta e o motivo pelo qual ela nunca vai deixar de comer queijo. Tome um minuto para se familiarizar com seu rosto, você estará vendo muito mais vezes.

Pegue três produtos da sua bolsa de maquiagem – o que são e por que eles possuem um lugar lá?
Almofadas de correção Peter Thomas Roth, porque eu estou sempre em aviões e não posso lavar meu rosto. Eu odeio isso, mas então eu uso essas almofadas e meu rosto fica muito bom. Também, máscara de rosto Claudalie – tem o melhor cheiro. E meu hidratante labial, eu uso Bepantol, que na verdade é um creme para mamilos para as mães que amamentam ou um creme de assaduras para bebês. Eu tenho essa teoria de conspiração que hidratantes labiais possuem aditivos neles para secar seus lábios então você continua comprando. Mas porque Bepantol é somente um creme para pele seca, funciona. É o que eu usei por toda minha vida.

Qual a melhor dica de maquiagem que você recebeu e de quem foi?
Minha amiga me ensinou esse truque que eu uso todo dia. Quando eu uso base, eu uso uma escova de sobrancelha ou uma escova de dente para pentear até a raiz do meu cabelo para misturar. Especialmente porque eu tenho cabelo loiro mas minha pele é bronzeada, se eu não misturar, fica nojento – você consegue ver a base no meu cabelo. Eu faço isso todo dia, e toda vez o meu namorado [Tom Ackerley] fica tipo, ‘O que você está fazendo?’ E eu fico, ‘Estou penteando minha maquiagem para a raiz do meu cabelo!’ E ele fica, ‘Mulheres são doidas.’

Se você tem uma sessão de fotos/aparição na TV amanhã, como você prepara sua pele?
Para sessões de fotos, eu não me preocupo mais porque com o Photoshop nos dias de hoje se eu acordar com uma espinha enorme, eu fico tipo, ‘Eles vão editar, não importa’. Eu fico com mais medo de filmagem. Se eu comer ou beber muito laticínio, minha pele quebra. Eu amo laticínios e eu como o tempo todo, mas se eu estou filmando e a minha pele está muito ruim, eu então tento parar e bebe muita água. Mas eu finjo que queijo não é laticínio porque eu nunca vou aceitar que não posso comer. Eu amo.

Qual foi a última música que você baixou?
Eu estou obcecada com o Lemonade (álbum da cantora Beyoncé), especialmente aquela música ‘Hold Up’. Eu gosto dessa vibe reggae.

Qual foi a última coisa que você pesquisou no Google?
Essa é uma boa pergunta! Deixe-me checar meu celular… A última coisa que eu pesquisei foi o mapa da Hungria. Eu estava trabalhando em Budapeste e tentando descobrir os países da fronteira e se eu conseguiria fazer viagens de fim de semana. Fiquei muito feliz de ver que a Croácia era perto, porque eu me diverti muito lá.

Qual seria a sua última refeição no mundo?
Queijo, queijo, queijo. Ou um hambúrguer. Eu amo hambúrgueres. Provavelmente seria o hambúrguer de trufa de Umami e uma cerveja muito boa, como uma cerveja de trigo alemã.

Quais são as três palavras que descrevem melhor sua filosofia fitness?
Relutante, divertida, irregular. Minha versão de se exercitar é ir para uma aula de dança com uma amiga e se divertir e exercitar ao mesmo tempo.

Quem ou o que nunca falha em te fazer rir?
Jay Hernandez, que interpreta o Diablo em ‘Esquadrão Suicida’. De todos com quem já trabalhei, ele é o cara mais engraçado do mundo. Ele faz piadas de pai o tempo todo, mas eu sou seu público alvo. Eu faço xixi de tanto rir. Ele não faz comédia e seu personagem é muito sério, então ninguém sabe o quão engraçado ele é. Eu fico tipo, ‘Você deveria fazer o SNL!’

Qual seria o plano B da sua carreira?
Quando eu era pequena, eu queria ter hotéis. Eu tenho certeza que eu teria começado algum tipo de empresa [se eu não fosse atriz] porque eu sou esperta para os negócios. Então ou seria dona de hotéis, ou seria uma instrutora de mergulho ou instrutora de paraquedas. Algum tipo de instrutora onde eu poderia viver em um lugar legal e fazer algo divertido todo dia.

Fonte | Tradução e adaptação: Equipe Margot Robbie Brasil

postado por Mari na categoria Calvin Klein
21.09.16
VOGUE | Margot Robbie pertenceu a um grupo de meninas surfistas – e mais confissões da australiana

Confira abaixo a entrevista concedida pela Margot para a Vogue durante o evento da Calvin Klein na semana passada.

Margot Robbie tem uma maneira de pegar você desprevenido. Quando a atriz apareceu em cena no filme O Lobo de Wall Street em 2013, todos tiveram que conciliar o fato de que essa “loira de bronze” com um aclamado sotaque do Brooklyn era, na verdade, Australiana. Desde então a loira de 26 anos tornou-se conhecida por quebrar o molde de estrela de cinema. Por um lado ela trabalhou muito em dois filmes de peso (A Lenda de Tarzan e Esquadrão Suicida) já, fora das câmeras trabalha na cogestão de uma empresa de produção com um conjunto de projetos futuros, incluindo Terminal, um thriller, e um filme biográfico de Tonya Harding. (Robbie tem a reputação de destemida e faz algumas cenas que deveriam ser executadas por sua dublê, ela tem experiência em patins depois de ter jogado em uma equipe de hóquei no gelo amador há alguns anos atrás, em Nova York.) Ela também atravessa os mundos da extravagância e requinte à mundos desonestos, parecendo tão confortável exalando o glamour de Grace Kelly no tapete vermelho enquanto cobre seus colegas de elenco com sua pistola de tatuagem.

Com o seu último trabalho sendo o rosto de campanha de fragrância Deep Euphoria da Calvin Klein, ela também traz várias camadas de uma mulher que tanto encarna sensualidade quanto um poder espirituoso livre. Aqui ela nos conta sobre os aromas que acompanham-na nos sets de gravações, seus primeiros dias como parte de uma tribo de sufistas “all-girl” e seus segredos de beleza, desde seus treinos em Los Angeles à spa bucólico em Londres.

Você está ligando de Londres. Esse ainda é o lugar que você chama de casa?
Sim! Eu estou nas gravações de um filme no momento, então é bom ter um lugar próximo e relaxar um minuto. É sobre A.A. Milne, o autor das séries Ursinho Pooh e eu interpreto sua esposa, Daphne. É um filme realmente maravilhoso. Eu estou me divertindo muito.

Calvin Klein tem uma longa história com campanhas de época e fragrâncias. Quais foram as suas primeiras memórias da marca?
Minhas primeiras memórias são as fotos de Kate Moss e Mark Wahlberg. Eu achava isso tão legal. Calvin Klein meio que fez os anos 90; eles têm um jeito especial de deixar as coisas clássicas parecerem modernas. Muitas mulheres da minha família usavam os perfumes da Calvin Klein, então várias fragrâncias da marca lembram minha infância.

Quais aromas te levam de volta à sua infância na Austrália? Existiram perfumes emblemáticos que você usava ou era mais o cheiro de praia e protetor solar de eucalipto?
O cheiro da praia e o cheiro de tempestade. Todos esses tipos de coisa, definitivamente, me fazem sentir em casa. Quando estava crescendo na minha casa, nós tínhamos arbustos de lavanda e jasmim, eu posso sentir um pouco de jasmim e rosas neste perfume, então, sim, esses são os aromas que me fazem voltar à infância. Quando eu era uma garotinha, eu me lembro de todas as vezes que abraçava a minha tia ou minha mãe, elas tinham um certo aroma. Eu me lembro de pensar “mal posso esperar para ser grande o suficiente e usar perfume e ter meu próprio cheiro.”

Como o perfume se incorpora no seu dia-a-dia? Dentro ou fora das câmeras? Eu sei que alguns atores incorporam perfumes em seus personagens.
Sim, eu faço isso também! Eu sempre escolho um perfume para cada personagem que eu interpreto. Eu tento mantê-lo especificamente para aquele personagem e, só uso quando entro no set. Eu acho isso muito útil. Para o personagem que eu estou fazendo agora (Daphne Milne) que viveu na década de 1920, eu encontrei esse belo perfume, é mais obscuro e não é de uma marca muito conhecida, mas o frasco de perfume parece que é da época. Eu perguntei sobre o cheiro, e o cara falou “Cheira como Greta Garbo, enquanto andava por um hotel nos anos 20.” E eu tava tipo “era exatamente o que eu estava procurando.” Para Tarzan, quando interpretei Jane, eu usei só óleo de rosas, só porque isso parecia delicado e bem de acordo com o personagem. E quando eu interpretei Harley (Quinn, de Esquadrão Suicida) eu escolhi algo brega e adocicado, que fosse um pouco excessivo e a cara dela. Eu comprei em um shopping na América. No filme que eu fiz antes desse, Terminal, eu estava interpretando uma femme fatale, aquele tipo de mulher peculiar, complicada e perigosa, e como fizemos as imagens para campanha, eu tava tipo “nossa, esse perfume é perfeito para isso.” Então esse acabou sendo meu aroma para o personagem.

Ouvi dizer que você gostava muito de água quando era pequena. Você tinha uma praia favorita ou um local para surfar?
Sim, eu tinha. Eu costumava viver em Currumbin Valley, que é nas montanhas, mas se você ir diretamente para a costa você chega em um lugar para surfar chamado The Alley. É protegido, então as ondas são sempre calmas e agradáveis. Costumávamos ir todo fim de semana parar surfar. Foi quando “Blue Crush” lançou e o filme era nossa maior inspiração naqueles anos. Nós estávamos em The Alley todo fim de semana, querendo ser essas garotas surfistas incríveis. Era uma gangue só de garotas.

Isso te ajudou a estabelecer o seu destemor com acrobacias?
Provavelmente. Onde eu cresci na Austrália, é super ao ar livre. Você está sempre pulando de penhascos e dirigindo motos, fazendo coisas desse tipo, então o trabalho com acrobacias é extremamente divertido para mim.

Como uma Londrina adotada, quais são os lugares saudáveis que você frequenta na cidade?
Apesar do fato de que eu estou aqui há mais de dois anos, eu não sou assim com esse tipo de coisa. Eu normalmente peço para as minhas amigas; Cara [Delevingne] e Suki [Waterhouse] são minhas pequenas confidentes! Eu recentemente, saí para Soho Farmhouse, que é cerca de uma hora e meia fora de Londres, e é, literalmente, o lugar mais relaxante da Terra. Eles têm o Cowshed Spa lá; foi fantástico. E há esta marca, 111Skin. Eu comecei recentemente um tratamento facial lá, e seus produtos são incríveis. Meu maquiador me deixou animada com eles.

Londres, com a sua assinatura de chuva sombria, já te trasmitiu alguma lição de beleza?
Tem sido realmente muito bom para a minha pele estar vivendo aqui. O sol é tão forte na Austrália, especialmente que não tem a camada de ozônio que você tem em outros lugares, e tenho notado que minha pele mudou totalmente. Nessa idade -Eu tenho 26 agora- O dano solar está se mostrando evidente, e nessa idade você começa a se preocupar sobre a obtenção de rugas e manchas solares, eu estou muito grata de estar do outro lado do mundo.

L.A. está em seu futuro, sim? Sobre o que você está mais ansiosa com isso?
Sim, vamos fazer a mudança no final do ano. Vejo Andie Hecker, ela é uma incrível instrutora. Eu amo ser capaz de vê-la em L.A., embora em Londres há um outro incrível instrutor, David Higgins. Ele é australiano, também; ele faz Pilates, e treinamento pessoal. Essa é a minha forma de exercício. Em L.A. é tão fácil comer saudável e ser saudável, e há todos esses métodos bizarros de olhar o seu melhor, que às vezes é útil quando você está tentando entrar em forma; Estou ansiosa por L.A.- É é um vôo muito mais curto para chegar em casa! [Austrália]

E sobre a sua habilidade com tatuagem? O seu hobby ainda continua forte, e você deixou sua marca alguém interessante ultimamente?
Eu não sei sobre habilidades! É mais uma espécie de party trick do que uma habilidade real. Meus suprimentos de tatuagem acabaram por um tempo, então eu parei um pouco, o que era provavelmente a coisa mais segura, porque eu acho que nós estávamos ficando um pouco levados! As pessoas se esquecem de que isso vai ficar preso para sempre nelas, e eles realmente provam ser muito abertos à ideia, o que é um pouco engraçado. Eu acabei de repor meu material, por isso estou pronta para deixar minha marca em algumas novas vítimas, eu acho [risos]. Mas eu tento explicar às pessoas que eu não sou realmente uma tatuadora, por isso, pense muito antes!

Fonte | Tradução e Adaptação: Equipe Margot Robbie Brasil

postado por Bruna Barzon na categoria Entrevistas
20.09.16
Margot Robbie conversa com a ELLE sobre sua campanha com a Calvin Klein

Margot conversou com a revista ELLE durante um evento da Calvin Klein para o lançamento do novo perfume da marca, Deep Euphoria. Confira a entrevista:

“Isso é tão estranho,” diz Margot Robbie. Ela está no Rosewood Hotel em Londres assistindo – tentando assistir, na verdade – seu próprio comercial. É para a nova fragrância da Calvin Klein, Deep Euphoria, e é um pouco engraçado: uma dessas tramas de “Isso é um sonho?” com delírio roxo neon e rapazes sem camisa. (Não estamos reclamando). “É legal, não é?” Robbie ri. “Mas ver a si mesma na TV… Nunca deixa de ser estranho.”

O que é engraçado: Se você não é Margot Robbie, assistir a ela na tela é uma coisa muito comum. De ‘O Lobo da Wall Street’ para ‘A Lenda de Tarzan’ e ‘Esquadrão Suicida’, a atriz australiana já faz parte da lista A de Hollywood. Ela também se tornou uma queridinha da moda, usando Saint Laurent no Oscar e Gucci em sua última turnê de divulgação.

Mas o que nós realmente sabemos sobre Margot Robbie? Nós não tínhamos muita certeza, então fizemos algumas perguntas – estranhas, na verdade – para conseguir mais informações.

Você é conhecida por se envolver com seus projetos. O quão envolvida você estava com o anúncio do Deep Euphoria? Você mesma escalou os rapazes bonitos?
Não, mas eu eu fiquei muito feliz com a escolha da Calvin Klein. Eu estava conversando com eles em um momento, e eu podia dizer que estava começando a flertar. Eu disse para um dos meninos, “O que você vai fazer depois disso?” e ele diz, “Bom, eu tenho que voltar para a escola.” E eu fiquei tipo, “Oh, legal! Faculdade?” “Não, não é faculdade. Ensino médio.” Eu pensei, “Oh. Meu. Deus. Você tem 17 anos. Eu sou oficialmente uma papa anjo! Eu sou a mulher mais velha!” Isso nunca aconteceu comigo antes.

Ah, seu primeiro momento Mrs. Robinson.
Muitos dos meus amigos são mais velhos, e as pessoas com quem trabalho são mais velhas. Acho que eu me acostumei a ouvir as pessoas dizerem, “Oh, você é tão jovem,” mesmo quando eu nunca realmente concordei com isso. Agora eu entendo a perspectiva deles. E isso é bizarro, ter alguém no seu ambiente de trabalho que é muito mais jovem do que você.

Deve ser estranho estar em um set de filmagem com caras sem camisa por todo o lugar. Como você mantém o foco?
Oh, isso nunca para de ser estranho. Eu ri feito louca no set de Deep Euphoria, especialmente quando tem uma cena onde eu supostamente tenho que parecer sedutora ou me jogar no sofá de modo sensual ou algo assim. Sem querer, o tecido ficava preso no sofá, ou eu me inclinava um pouco demais e meus seios apareciam. Então a equipe gritava, “Corta! Seu peito está pra fora!” e o set inteiro ouvia. Oops. Desculpa.

Essa campanha precisa de um vídeo de erros de gravação.
Tem essa parte onde eu tenho que afagar o frasco no meu maxilar. Eu estava tipo, “Gente, eu me sinto ridícula…” E então nós só tínhamos a amostra do frasco do perfume. Em filmagens, os frascos geralmente estão com água dentro, mas essa era a única que tínhamos, e estava com o perfume de verdade. Então eu continuava a espirrar o perfume em mim tomada após tomada. Eu estou tomando banho com esse perfume e fico tipo, “Desculpa, pessoal!” A coisa toda é muito engraçada. Quando meus amigos verem isso, eu vou ser muito zoada. Mas o resultado final é muito legal. Estou feliz com ele.

Eu ouvi dizer que você usa perfumes para te ajudar a entrar nos personagens nos filmes…
Eu nunca conheci outro ator que faz isso, mas para mim, ajuda muito! Eu me lembro de momentos específicos e pessoas em minha vida com muito mais facilidade se eu cheirar algo que me traz de volta para eles. Então o aroma se tornou algo para diferenciar os personagens.

Você já usou o Deep Euphoria para algo?
Eu usei para o meu próximo suspense, Terminal. Coincidiu que eu fiz o comercial antes do filme. Eu tinha o perfume comigo, e pensei, “Essa personagem precisa ser um pouco mulher fatal e um pouco perigosa.” Mas nós também estamos ambientando o filme em um mundo distópico. Não há tecnologia ainda. Há muito neon. E esse perfume é muito clássico. Tem essa nostalgia mas é muito fresco e legal. Não é muito pesado. Então foi perfeito!

A Harley Quinn tem um aroma?
Oh, sim. Eu comprei pra ela um perfume em uma farmácia de shopping. É de uma marca barata super brega. O frasco é uma caveira. É perfeito. E então eu comprei um perfume da Playboy, também, então ela tem um para quando é a Harleen e um para quando é a Harley. Não há nada sutil sobre eles.

Você disse que Debbie Harry foi sua inspiração visual para o estilo da Harley Quinn. Agora que você está indo para a sequência, vocês duas entraram em contato?
Eu não precisei nem encontrar ela, porque a coisa mais louca aconteceu. Eu disse em entrevistas, “Nós achamos essas fotos iradas da Debbie Harry que eu pensei que fossem perfeitas para a Harley Quinn.” Bom, meus agentes me ligaram e disseram, “Uh, Debbie Harry entrou em contato. Ela ouviu falar que o visual foi baseado no dela, e ela autografou uma foto para você, se você quiser.” Se eu quiser? Está brincando comigo? Chegou na minha casa há dois dias. É a coisa mais legal que eu tenho.

Mas você ainda não a conheceu?
Não, eu não sei o que diria. Eu ficaria muito fascinada.

Sua estilista para o tapete vermelho é Kate Young, que também trabalha com Selena Gomez e Michelle Williams. Como você a escolheu?
Eu gostei que com Kate, todo mundo parece com eles mesmos, e eles também parecem com a sua idade. Eu tenho 26 anos. Eu tenho o resto da minha vida para usar algo seguro. Ela é muito sutil com seu estilo, mas é adaptado para a pessoa que ela está vestindo.

Vocês duas possuem uma estratégia para turnês de divulgação?
Ela fica tipo, “Essas roupas precisam parecer que são suas. Você achou essas roupas na sua casa, bagunçou o cabelo, e aconteceu de ir para o tapete vermelho. É assim que você precisa aparecer.” As pessoas não querem olhar para você e pensar, “Oh, deve ter demorado tanto para ela ficar pronta!” Não é tão legal imaginar. Eles querem imaginar sua vida sendo – bom, o oposto do que é em algumas vezes, onde se vestir é algo disciplinado, sabe? As pessoas não querem saber disso.

Você já pediu por alguma peça do arsenal da Selena ou da Michelle?
Quando eu vi Michelle Williams e Selena Gomez usando as botas da Louis Vuitton no Met Gala, eu perguntei para a Kate se eu poderia tê-las, também! E eu usei na Comic Con.

Você roubou as botas da Selena?
Não! Eu tenho pé grande. Você sabe o quão vergonhoso é quando você pede por um sapato e eles olham para você tipo, “Não, nós não fazemos esses saltos para o Pé Grande, desculpe.” E eu tenho 1,68. Não sou tão alta.

Você já tentou namoro online?
Eu não acho que ficaria confortável com isso porque a tecnologia ainda me assusta um pouco. Eu nem sei como mandar uma Mensagem Direta para alguém no Instagram. Eu ainda escrevo cartas. Eu mando notas de agradecimento, não e-mails, mesmo que eu esteja ficando na casa de um amigo ou algo assim. Eu sou muito antiga. Mas o Tinder me fascina. Raya me fascina. Eu faço meus amigos colocarem em seus perfis e fico tipo, “Me mostre tudo.”

Ouvi dizer que você é fã de Harry Potter.
Eu vou falar de Harry Potter com você o dia todo.

Feito. Você é de qual casa?
Eu sou de Gryffindor, obviamente… Mas eu falsifiquei totalmente as minhas perguntas no quiz Pottermore. Eu poderia dizer completamente quais respostas me levariam até Gryffindor, e então essas foram as minhas respostas. Eu acho que eu estaria em Gryffindor de qualquer jeito, mas eu definitivamente manipulei o quiz ao meu favor. No entanto, eu não ficaria chateada com Ravenclaw.

Qual o seu Patronus?
Boa pergunta! Eu pensei sobre isso no passado. Meu espírito animal é um macaco, porque eu tenho braços muito longos e eu gosto de subir nas coisas. Eu me sinto mais confortável em cima de um árvore, ou embaixo d’água. É quando eu fico mais tranquila. Mas eu não quero que meu Patronus seja um macaco! Mesmo que realmente seja isso.

Fonte | Tradução e Adaptação: Equipe Margot Robbie Brasil

postado por Mari na categoria Calvin Klein
26.08.16
VÍDEOS: Press Junket de Esquadrão Suicida em NY

Durante a divulgação de ‘Esquadrão Suicida’, Margot com o elenco do filme concedem inúmeras entrevistas para sites, canais e afins. Confiram abaixo as entrevistas da press junket de NY:


Especial de Esquadrão Suicida para Dish Nation

https://www.youtube.com/watch?v=UIaaCxuV-OQ

Especial de Esquadrão Suicida para Movie Tickets


Para o canal HBO


Para o canal HBO


Com Karen e Cara para Nova FM


Para Celebrity Track


Para SensaCine


Para De Película


Para Harkins Theatres

postado por Solania Ferreira na categoria Entrevistas
08.08.16
VÍDEOS: Press Junket de Esquadrão Suicida em Londres

Durante a divulgação de ‘Esquadrão Suicida’, Margot com o elenco do filme concedem inúmeras entrevistas para sites, canais e afins. Confiram abaixo as entrevistas da press junket de Londres:


Entrevista para o canal Chewing Sand


Com Jay Hernandez para o canal HeyU Guys


Com Jay Hernandez para Joe.ie


Com Cara Delevinge para Fanpage.it


Com Jay para ScreenWeek TV


Com Jay para Digital Spy


Com Jay para eCartelera


Com Jay para ODE


Com Cara para Movie Mania


Com Will Smith para a BBC Rádio de Londres


Com Will, Cara e Joel para The LAD Bible

postado por Solania Ferreira na categoria Entrevistas
08.08.16
Margot Robbie revela a receita secreta para a voz dela em ‘Esquadrão Suicida’

Recentemente, Margot concedeu uma entrevista para a USA Today onde fala um pouco do processo que ela fez para compor a sua atual versão cinematográfica da Harley Quinn. Confira:

O martelo de Harley Quinn é tão icônico quanto sua voz.

A convidativa, ainda que louca, voz esganiçada da “bad girl” de Gotham City, Harley Quinn, é tão icônica quanto sua marreta de grandes dimensões, touca colorida e arma “amor / ódio”.

O que significa que era importante para a atriz de Esquadrão Suicida, Margot Robbie, aperfeiçoar como a Harley deveria soar.

Primeiro, ela começou com o material de origem: Antes de Harley aparecer em revistas em quadrinhos, ela fez sua estréia como a namorada do Coringa em 1992 em Batman: The Animated Series.

“Ela tem uma voz muito estridente, o que para o material leve, louco, funciona muito bem” no Esquadrão Suicida, diz Robbie. “Mas quando é uma cena emocional bastante crua, você perde a gravidade quando você está falando com um tom tão alto.”

A atriz australiana queria dar um sotaque do Brooklyn à voz de Harley. Então, o principal ponto de referência de Robbie se tornou a atriz Lorraine Bracco, que interpretou Karen Hill em Os Bons Companheiros. Robbie queria aquela influência nova-iorquina e foi atraída para a voz de Bracco porque parecia visivelmente diferente da personagem da atriz australiana em O Lobo de Wall Street. Ela regularmente ouvia cenas de Bracco em seu iPod antes de se dirigir ao set de filmagem.

Bracco é “insana em algumas cenas, completamente louca, mas nunca faz uma voz estridente e louca de boneca”, diz Robbie. “Sua voz vem de um lugar primordial real e profundo.

“Meu espectro vai de Lorraine Bracco à Harley animada, e é apenas uma montanha russa entre essas duas ao longo do filme.”

postado por Solania Ferreira na categoria Entrevistas