siga o margot robbie brasil em suas redes sociais!
09.01.16
Entrevista de Margot para o The National AE

Margot Robbie deu uma entrevista para o site “TheNational.ae” em Novembro do ano passado, onde ela falou sobre sua viagem para Abu Dhabi e até sobre um novo projeto em que ela está trabalhando. Confira a tradução da entrevista abaixo:

Entrevistador: Essa é sua primeira viagem para o UAE (Emirados Árabes Unidos). Abu Dhabi correspondeu suas expectativas?

Margot: Sim, é minha primeira vez. Eu já estive no aeroporto um bilhão de vezes porque para ir da Inglaterra para a Austrália normalmente eu sempre paro aqui. Então é muito legal finalmente ter a chance de explorar e ir um pouco além. Eu não sei muito bem o que eu estava esperando para ser honesta. Eu não esperava gostar o tanto que gostei, isso é certo. Eu saí no deserto ontem — e vindo da Austrália, obviamente já fui para o interior antes  — e pensei que sabia como era o deserto. No entanto, o deserto aqui é completamente diferente. De fato, eu diria que o deserto que vi aqui é uma das coisas mais lindas que já vi na minha vida. De verdade. Assisti o sol se por por trás das dunas e foi simplesmente mágico. Eu estava pensando no Aladdin o tempo todo. Então sim, realmente não esperei estar encantada pelo UAE da maneira que estou.

E: Você já viu a versão censurada de “O Lobo de Wall Street” que está disponível na região?

M: Eu ainda não vi a versão cortada inteira, pra ser honesta, mas estive em incontáveis jornadas de avião em que outras pessoas estavam assistindo. Percebi que tiveram vários cortes rápidos e pulos entre as cenas. Muitas partes ficaram faltando e claro, naturalmente, eu esperava que a versão do filme que está sendo exibida aqui seria pesadamente censurada.

E: Você acha que os cortes diminuem sua performance ou deixam o filme ruim?

M: É difícil generalizar, e de certa forma eu diria que não porque muitos dos pontos da história e os personagens claramente ainda são vistos. Mas ao mesmo tempo, claro que sim. As vezes você está obviamente apenas vendo parte dos detalhes.

E: Além de seu papel no filme de super heróis “Esquadrão Suicida”, quais outros projetos você tem em linha?

M: Bom, uma coisa nova é que eu me envolvi em produção ultimamente. Estou produzindo uma par de coisas mas tem uma bem grande em que estou me focando. Estarei filmando em Londres no ano novo e estou gostando muito de estar por trás das lentes. A experiência realmente abriu meus olhos para o mundo de produção de filmes “indies”— é muito ambicioso, extremamente difícil mas recompensante.

E: Qual é o gênero e história do filme?

M: É bem ambicioso como filme e é melhor descrito como um “suspense noir”. Não é o seu filme genérico e comum. É como uma versão britânica de Pulp Fiction e Sin City com uma influência noir pesada.

E: Ele tem um nome, envolve algum ator famoso e quando poderemos o assistir?

M: Bom, eu posso te dizer que é chamado Terminal, e nesse estágio, eu não tenho ideia de quando ele será lançado já que ainda estamos resolvendo muitas coisas. Mas falando de trabalho, o filme é definitivamente onde o meu foco está agora.

E: Você está aqui como uma embaixadora para a British Airways, então, que tipo de viajante você é? Você tem uma rotina?

M: Ah, é claro. Eu tenho uma rotina bem estabelecida a essa altura porque já fiz isso um bilhão de vezes. Primeiramente, eu sempre uso roupas que são facilmente transformadas em pijamas. Eu viajo sem muito peso e assim que embarco no avião, esparramo tudo o que preciso na cabana, exatamente onde preciso. Quando entro no avião eu também vou direto pro banheiro, troco de roupa e tiro toda a minha maquiagem. Então aplico hidratante bem pesado e estou pronta para ir.

Confira a entrevista em inglês clicando aqui.

postado por Gabriella Braga na categoria Entrevistas