siga o margot robbie brasil em suas redes sociais!
08.09.17
Margot Robbie não sabia sobre Harding vs Kerrigan até I, Tonya

Margot conversou com a Vanity Fair durante o Toronto International Film Festival sobre seu novo filme, I, Tonya. Confira:

Para milhões de pessoas, Nancy Kerrigan ser atacada em janeiro de 1994 foi um momento cultural e um dos maiores escândalos da história do esporte americano. Mas para Margot Robbie, a atriz australiana que interpreta Tonya Harding no indie dirigido por Craig Gillespie, I, Tonya, a controvérsia era completamente estranha.

“Eu acho que eu tinha quatro anos quando o incidente aconteceu,” disse a atriz de 27 anos para Krista Smith, da Vanity Fair, horas antes da estréia do filme no Toronto Film Festival. “Eu estava na Austrália e completamente sem saber do incidente e da controvérsia louca.”

“Para ser honesta, quando eu li o roteiro, eu não sabia quem era Tonya Harding e eu não tinha percebido que era uma história real,” Robbie continuou. “Eu pensei que era completamente ficção, e nosso roteirista Steven Rogers era muito criativo para criar esses personagens excêntricos e incidentes absurdos.”

Robbie assinou para estrelar e produzir o projeto, cavando um buraco na internet para pesquisar e estudar cada vídeo no Youtube sobre Harding que ela conseguiu achar. Harding também passou por uma transformação elaborada. A equipe de cabelo e maquiagem do filme transformou a atriz várias vezes para que ela pudesse convencer como Harding em várias idades, dos 15 aos 44. Para completar a preparação, Robbie treinou por quatro meses com a coreógrafa Sarah Kawahara-who que, ironicamente, trabalhou com Kerrigan uma vez, para elevar suas habilidades na patinação no gelo para que ela pudesse se aproximar realisticamente com a vencedora olímpica.

“Eu joguei hockey no gelo em algum ponto, mas isso foi um mundo novo de dor,” Robbie disse, adicionando que ela sofreu uma hérnia de disco em seu pescoço enquanto se preparava para o papel. Um momento inesquecível durante as filmagens fez Robbie perceber o quão talentosa era Harding e o quão triste foi que suas habilidades atléticas foram ofuscadas pelo ataque em Kerrigan, que foi parcialmente bolado pelo ex marido de Harding, Jeff Gillooly.

“Eu acho que eu realmente não tinha apreciado seu talento até que estávamos pensando em como íamos filmar o axel triplo para o filme,” disse Margot. O diretor e os produtores pensaram que eles podiam contratar uma patinadora para completar os movimentos, mesmo que Harding tivesse sido a primeira mulher americana a fazer um axel triplo em competição. (Afinal de contas, o esporte não progrediu 23 anos desde o incidente?) Então disseram a eles que somente seis mulheres na história completaram esse salto e nenhuma delas poderia servir de dublê para Harding. (Os cineastas tiveram que usar efeitos visuais para completar a cena.)

Gillespie disse que ele esperava humanizar Harding com o filme, mostrando que a patinadora, que teve uma relação tumultuosa com a sua mãe, viveu uma história muito mais trágica e complicada do que a mídia mostrou em sua narrativa.

Harding sabia do filme desde o começo, já que Rogers teve autorização de seus direitos e entrevistou Harding e Gillespie antes de escrever o roteiro. Após finalizar o filme, Gillespie, Rogers e Robbie o exibiram para Harding, que estava movida com lágrimas e risadas.

“Eu acho que é muito para alguém ter os eventos mais traumáticos de sua vida mostrados em um filme de duas horas,” Robbie disse. “Eu sinto que você tem que ser muito corajosa para deixar alguém fazer isso. Eu não sei se eu conseguiria, e ela lidou de uma forma incrível.”

“Eu não sei o que eu estava esperando, mas eu passei tantas horas assistindo cada entrevista e cada vídeo de patinação,” Robbie disse sobre seu encontro com Harding. “Eu sinto que eu não tinha feito nada além de assistir e ouvir Tonya durante o ano passado, então foi muito estranho ver aquela pessoa literalmente na minha frente. Foi uma experiência bizarra. Ela foi muito gentil. Eu fiquei surpresa com como ela estava preocupada comigo, estranhamente. Depois de todas as coisas que ela passou, ela continua perguntando se eu estava bem.”

I, Tonya ainda não possui uma data de estréia e contém Allison Janney como a mãe de Harding, Julianne Nicholson como sua treinadora e Sebastian Stan como seu ex marido.

Fonte | Tradução & Adaptação: Equipe Margot Robbie Brasil

postado por Mari na categoria Entrevistas